A Produção / The Production

“À Sombra de um Delírio Verde” (The Dark Side of Green) é uma produção independente realizada sem recursos públicos, de empresas ou do terceiro setor. Trabalharam de forma associada a repórter televisiva belga An Baccaert, o jornalista Cristiano Navarro e o repórter cinematográfico argentino Nicolas Muñoz.

O filme começou a ser rodado nas aldeias da região sul do Mato Grosso do Sul, em abril de 2008, e contou com apoio logístico da Associação de Professores Guarani Kaiowá e das ONG’s Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e Foodfirst Information & Action Network (Fian international). Sua finalização, feita de maneira “quase artesanal”, foi concluída em janeiro de 2011.

A maior parte das informações apuradas nas comunidades, com órgãos públicos e com associações de produtores rurais fazem parte dos trabalhos de investigação que Navarro desenvolve desde 2002. Sete músicas de fundo foram compostas especialmente para o documentário por Thomas Leonhardt. O grupo de hip-hop Bro’w, que canta a música No Yankee, é formado por jovens Guarani Kaiowá de comunidades das aldeias de Dourados, Mato Grosso do Sul.

A narração do documentário em português foi feita pela cantora sambista Fabiana Cozza. O documentário também possui narrações em espanhol, francês, inglês e holandês.

Mais do que concorrer festivais apresentando nosso trabalho, os produtores do filme têm como expectativa utilizar o documentário para fazer uma denúncia internacional sobre a grave situação em que vive o povo Guarani Kaiowá, apoiando assim a sua luta pela reconquista de seu território tradicional.

***

“The Dark Side of Green” is an independent production done with no public resourses, neither sponsorship from private companies or NGOs. worked associated: An Baccaert, a belgian TV reporter, Cristiano Navarro, a brazilian journalist and Nicolaz Muñoz, an argentinian cinematographic reporter.

The movie started being filmed in the comunities in the sotuh of Mato Grosso do Sul, on April of 2008, and counted on the support from the Association of Guarani Kaiowá Teachers and from the NGOs Missionary Indigenist Council (CIMI) and Foodfirst Information & Action Network (Fian International). Its completion, done in an “almost handmade” way, was concluded on January of 2011.

The most part of the information found out in the comunities, with public intitutions and with farmers associations are a part of the investigation works that Navarro develops since 2002. Seven background songs were composed specially for the documentary by Thomas Leonhardt.

The hip-hop band “Bro’w”, that sings the song “No Yankee”, is formed by youths from the Guarani Kaiowá comunities of Dourados, Mato Grosso do Sul.

The Portuguese narration was done by the brazilian samba singer Fabiana Cozza. The documentary also have Spanish, French, English and Dutch narrations.

More than compete in festivals showing their work, the authors of the film have the expectation of using the documentary to make an international denounce about the serious sitution that live the Guarani Kaiowá people, supporting this waytheir struggle for the recovering of their traditional territory.